Como plantar e cuidar de orquídeas na arvore


Usar um tronco como base para sua orquídea preferida pode ser mais fácil do que se imagina. Neste artigo vou te ensinar como plantar e cuidar de orquídeas na arvore.

Eu amo ver uma orquídea florida plantada em uma arvore.💗

Em seu lar original, a árvore na natureza, a orquídea não precisam ser regadas nem adubada. Não há necessidade de controlar a umidade relativa do ar.

Telas de sombreamento também são dispensáveis, já que a copa do hospedeiro se encarrega de filtrar a luz solar, fornecendo a luminosidade ideal para que a orquídea se desenvolva e floresça normalmente.

Dessa forma, é sempre bom poder cultivá-las em árvores, onde a luz solar tem maior incidência e elas vivem em perfeita tranqüilidade. Confira nosso artigo para saber como cuidar de orquídeas na árvore.

Orquídea plantada em um tronco de uma arvore



Orquídeas: Fáceis de Cuidar na Arvore


Abaixo, vamos listar algumas das orquídeas mais fáceis de cuidar e que também alegram o seu jardim com grande beleza. Lembrando que todas elas podem ser plantadas em árvores.

• Chuva-de-ouro: Ela é amarelinha e floresce em grandes cachos no final da primavera. Para deixá-las bem presas no alto e com boa incidência de luz solar, coloque-as em ramos de árvores ou palmeiras.

Regue o jardim sempre e não esqueça de umedecer sempre as raízes das árvores com orquídeas dessa espécie.

• Dendróbios: Elas tem um tom tão amarelo que podem ofuscar um pouco da sua visão. Porém, esse gênero possui flores de diversas cores para vocês escolher. Se quer uma árvore bem grande bonita cheia de cores, escolha o tipo Dendrobium nobile.

•Cattleya intermédi: Elas se adaptam bem a grandes árvores, palmeiras e plantas xerófilas.

• Laelia tenebrosa: Pode ser cultivada em árvores e também em vasos. Ela se dá bem em ramos na árvore do jardim e para ornamentar o espaço na época do Natal. Isso tudo porque a espécie floresce em dezembro na época da maior festa do mundo.

• Brássia: É uma planta exótica e que não pode faltar m nenhuma árvore do seu jardim.

Tipo de caule


Opte por árvores com troncos rugosos e ásperos.

Árvores frutíferas cítricas como a laranjeira, o limoeiro e a mexeriqueira, são ótimas para essa finalidade, pois possuem nervuras que facilitam a fixação das raízes da orquídea. 😉

Fique alerta para, não escolher árvores cujos troncos soltem a casca em determinadas épocas do ano. ⚠

Evite também, plantá-las em trocos que produzem alguma substância, como é o caso de alguns pinheiros, que apresentam uma resina na casca.

Nutrindo


As cascas das árvores costumam fornecer os nutrientes necessários para a sobrevivência das orquídeas.

As cascas absorvem poeira, fezes de animais, folhas em decomposição e outros nutrientes necessários para a sua sobrevivência.

Mesmo assim, para as orquídeas se desenvolverem melhor, é preciso adubar as árvores de 15 em 15 dias com adubo químico.

Captando somente os nutrientes da natureza, talvez a sua árvore floresça menos e ainda dê flores muito menores, o que já não fica tão bonito assim.

É sempre bom complementar a adubação.

Orquídea com raízes fixadas na arvore


✅ Veja também: Como cuidar de orquídeas em apartamento.

Iluminação


Como todos sabem, as orquídeas adoram luz. Porém, algumas preferem a sombra e se desenvolvem até melhor em locais mais escurinhos.

Segundo alguns especialistas na área, a importância de cultivar as orquídeas em árvores está justamente nesta etapa.

A condição de iluminação mais recomendada é a de 50 a 70% de sombra, que é obtida ao cultivar as orquídeas sob árvores, telados ou ripados.

Procure por árvores mais frondosas se o caso da sua orquídea for gostar de sombra. As orquídeas conhecidas como as meias sombras são: Miltonia, e Phalaenopsis.

As árvores que têm menos volume de folhas também facilitam o acesso da luz.

As espécies que apreciam maior luminosidade são: Cattleya, Dendrobium, Laelia, Vanda, Catasetum e Cyrtopodium. Algumas delas nós até já mencionamos acima e são práticas de se plantar.

Umidade


A umidade do orvalho e a água da chuva vão ser os principais agentes que irão umedecer as suas orquídeas enquanto elas estiverem no alto das árvores.

Porém, em dias quentes e secos que não contam com a ajuda dessas águas naturais, será preciso regar as árvores e umedecer os caules e as raízes. As orquídeas não suportam viver longos períodos sem água.

Este vídeo vai te ensinar a regar sua orquídea plantada na arvore.

Cuidados importantes


Assim que você fixar a sua orquídea na árvore escolhida, regue-a com água em abundância, use um regador ou a mangueira para isso.

Se não faltar água, ela se desenvolverá rapidamente, por isso, aconselho a regar todos os dias nas primeiras semanas.

A orquídea se adapta rapidamente às novas condições e em poucos meses estará bem fixada.

Como recomendei a cima, a adubação química poderá ser feita quinzenalmente e inclusive após o plantio na árvore.

Passar a adubar com adubo orgânico, é recomendado somente após perceber que a orquídea está "abraçando a árvore", ou seja, após o enraizamento e fixação da planta.

Para isso, você pode colocar a quantidade de adubo recomendada no rótulo, em uma trouxinha feita com gaze ou atadura, e fixá-la entre a orquídea e a árvore. Isso irá garantir seu crescimento saudável.

Gostou das dicas? Saiba que nosso site está cheio de dicas de como cuidar de orquídeas.

Posso te contar um segredo sobre as orquídeas? 


Quer saber como eu faço para ter orquídeas floridas lindas e saudáveis o ano inteiro? 😉

Sabe aquelas orquídeas que impressionam e fazem inveja a qualquer pessoa, eu convido você a conhecer o projeto Como Fazer a Sua Orquídea Florir.

Clique aqui ou no botão abaixo para saber mais detalhes.




Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem